Por que você deve pensar na Indústria 3.0 antes da 4.0?

 

Estima-se que 50% das empresas do mundo ainda trabalham na Indústria 2.0

 

Nos debates sobre opções para modernizar o setor fabril, a palavra mais usada do momento é Indústria 4.0. O termo é utilizado para fazer referência à Quarta Revolução Industrial. Antes de mais nada, porém, é indicado conhecer a origem dessa palavra para utilizar corretamente o termo. A automatização dos processos fabris, por exemplo, é uma característica que já existia antes, na Indústria 3.0.  Confira um breve resumo da evolução das indústrias:

* Indústria 1.0 (Primeira Revolução Industrial) - Características: Ficou marcada pelo uso da energia a vapor e pela mecanização da produção. A utilização de máquinas nas indústrias gerou uma produtividade mais dinâmica e simbolizou mais oportunidades de trabalho.

* Indústria 2.0 (Segunda Revolução Industrial) - Características: Ficou marcada pela descoberta da eletricidade e pela produção de linha de montagem. A época é lembrada ainda pelas inovações capazes de diminuir o tempo de fabricação dos produtos.

* Indústria 3.0 (Terceira Revolução Industrial) - Características: Ficou marcada pela automatização dos processos de produção. A etapa de produção desse período está vinculada à inserção de uma enorme quantidade de tecnologia e de informação.

* Indústria 4.0 (Quarta Revolução Industrial) - Características: Está sendo marcada pela comunicação de máquinas com outras máquinas, além da internet. O conceito tem transformado vários processos dos ramos produtivos e aumentado a eficiência das operações

 

Como posso evoluir minha empresa para a Indústria 4.0?

 

Para poder evoluir uma empresa para a Indústria 4.0, basicamente ela precisa ter todos os seus equipamentos conectados com a internet e também conversando entre eles. Logo, uma empresa que trabalha no modo manual, que é a Indústria 2.0, precisa de um investimento muito alto para dar esse salto para a Indústria 4.0. Além disso, possivelmente essa empresa ainda não tem a cultura da tecnologia, que também é um fator bem importante para a migração. Sair da Indústria 2.0 para a 4.0 em um único passo, portanto, é praticamente inviável.

O recomendado é fazer esse processo em doses homeopáticas, ou seja, quem está no modo manual deve começar a trabalhar com os robôs. Esses equipamentos já vão permitir que a empresa se modernize. Os robôs são características da Terceira Revolução Industrial (Indústria 3.0). Essa modernização inicial já vai gerar resultados que podem justificar um passo maior, rumo à Indústria 4.0. Assim, quando a empresa tiver totalmente robotizada, é possível interconectar as máquinas, abrangendo a Terceira e Quarta Revolução Industrial juntas. Nesse caminho, a empresa também irá criar a cultura entre as pessoas para se acostumar com a tecnologia e ter o domínio dela.

 

Célula ARCBox introduz a cultura da robotização nas empresas

 

Estima-se que 50% das empresas do mundo ainda trabalham no modo manual, ou seja, na Indústria 2.0. Nesse contexto, a Sumig criou um comitê para escutar o mercado com o intuito de entender as razões das empresas ainda não terem migrado para a tecnologia de robótica e automação, que representa a Indústria 3.0. Nesse trabalho, a equipe da empresa percebeu que faltavam ofertas de produtos com custo-benefício adequado, além de possibilidades de crédito e incentivo de uso.

Diante desse cenário, a Sumig decidiu criar um produto que ajuda as empresas a sair da Indústria 2.0, a chegar na Indústria 3.0 e depois evoluir para a Indústria 4.0. O item em questão é o ARCBox, que é uma célula de soldagem robotizada. A aquisição da novidade pode ser realizada com pequeno investimento e o produto pode ser financiado pela Sumig ou via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A célula ARCBox permite que as empresas possam fazer esse pulo da Indústria 2.0 para a 3.0 e posteriormente para a 4.0 com o upgrade desse equipamento. Os empreendimentos conseguem fazer essa modernização à medida que eles têm recurso disponível para esse fim. Com o tempo, as empresas também evoluem a cultura organizacional para que as pessoas aprendam a usar os equipamentos e estejam engajados na questão da tecnologia. O sistema de soldagem ARCBox oferece o melhor custo-benefício do mercado e é ideal para as empresas que estão iniciando o processo de soldagem robotizada e desejam uma fácil implantação. [inserir link https://www.sumig.com/pt/produto/detalhe/celula-de-soldagem-robotizada-arcbox]

 

Sumig oferece soluções completas para solda e corte

 

Desde 1980, a Sumig oferece uma ampla gama de soluções para solda e corte. Equipamentos, tochas, consumíveis, acessórios, sistemas para extração de fumos, sistemas de corte e células robotizadas são algumas das principais opções disponibilizadas pela marca, associando sempre tecnologia e recursos que geram expressiva redução de custos e aumento na produtividade.

A marca atua em inúmeros segmentos, como Agrícola, Rodoviário, Metalúrgica, Máquinas, Autopeças, Revendedor, Caldeiraria, Estruturas Metálicas, Moveleiro, Estaleiros, Bike/Moto, Fundição, Construção Civil, Serralheria, entre outros. Conheça todas as soluções Sumig no nosso site.

 

Fábio Tiburi | Diretor de Robótica

 

0 produto(s) para orçamento