Qual o processo de solda mais utilizado em funilaria?

 

Soldagem se refere especialmente a reparos automotivos

 

A soldagem de funilaria, como é conhecida em muitas regiões do Brasil, se refere geralmente a reparos ou reconstrução de chapas de aço carbono de veículos em geral. Paralamas, para-choque, chassi e demais partes de veículos são os itens mais comuns a serem soldados. Versátil e prático, o processo MIG/MAG é o mais utilizado no segmento de reparos automotivos.

Recomenda-se que o executor destas soldas tenha noção da responsabilidade que deve ter a qualidade dos seus serviços, uma vez que, em muitos casos, o processo envolve a segurança de pessoas e não se trata apenas de uma questão estética. Algumas partes do veículo estão sujeitas à desgaste ou quebram por batida/choque. Dependendo qual for a peça, ela não deve ser reparada, seja qual for o processos de solda. Estas partes específicas são as fabricadas com materiais e tratamentos especiais e seguem requisitos restritos de engenharia e de desempenho, devendo serem substituídas por novas e nunca reparadas, sob risco de causar sérios acidentes. Entre os componentes que não devem ser reparados por soldagem temos: eixos em geral, terceiro eixo, pontas de eixo e partes da suspensão sujeitas a tratamento térmico.

É fundamental, portanto, que o executor tenha perfeito conhecimento das características dos processos de soldagem que utiliza, suas vantagens e limitações. A utilização de equipamentos, gases, acessórios e consumíveis seguros é indispensável. O executor deve sempre optar por itens que tenham Qualidade Certificada. Solicite a certificação ao seu fornecedor: não tem custo adicional e você protege seus interesses.

 

Benefícios no uso processo MIG/MAG em reparos automotivos

O processo MIG/MAG é conhecido na indústria devido a sua maior produtividade. No caso de soldas de funilaria, porém, o maior benefício é a versatilidade de poder soldar em todas as posições de soldagem.

Um outro benefício é que MIG/MAG pode soldar chapas finas e também as de maior espessura (0,5mm e acima). Esse processo, por permitir soldar mais rápido, também pode executar soldas intermitentes ou por pontos, tornando assim mais fácil a preparação das partes a serem soldadas. Em muitos casos, a própria solda pode preencher vazios de chapas e buracos para formar um componente.

Por ser mais rápida, a soldagem MIG/MAG gera menor aporte de calor, o que reduz distorção/deformação da chapa ou componente, reduzindo assim operações de correção de dimensões.

Levando em contas as questões de segurança, não compre equipamento de qualidade duvidosa e sem procedência. Tenha certeza ainda que o equipamento MIG/MAG é fabricado segundo as normas IEC ou NEMA.

Para facilitar o entendimento sobre a soldagem MIG/MAG, assista também os diversos vídeos Sumig no canal de Dicas para Soldagem.

 

Equipamentos MIG/MAG utilizados

Os equipamentos MIG/MAG mais utilizados são os que tem o carretel de arame embutido e utilizam tochas de até quatro metros de comprimento. A capacidade do equipamento geralmente é com saída de até, aproximadamente, 200 ampères e permite o uso de arames de 0,6 a 1,0mm. Dependendo das soldas e das espessuras das chapas envolvidas em diferentes tipos de trabalhos, existem equipamentos de maior potência para atender estas aplicações utilizando arames com maior diâmetro.

A qualidade e estabilidade do arco na soldagem MIG/MAG, principalmente em chapas finas, é fundamental. Tenha certeza que o equipamento permite a soldagem sempre com ótima abertura de arco e execução de cordão de solda de maneira estável e sem alterações constantes na alimentação do arame.

Os equipamentos Hawk 205 e Hawk 255 da Sumig são muito utilizados na soldagem MIG/MAG em funilaria, serralheria e serviços em geral que requeiram equipamentos de menor potência e ótima estabilidade de arco.

Ambos oferecem os recursos necessários para soldagem em funilaria e de chapas finas, além de ótimo controle e estabilidade do arco. Tudo isso possibilita ao soldador maior conforto na operação, baixo índice de respingos e menor retrabalho para remover excesso de solda. Ambos equipamentos são excelentes investimentos por oferecer o melhor custo-benefício do mercado.

 

Sumig oferece soluções completas para solda e corte

Desde 1980, a Sumig oferece uma ampla gama de soluções para solda e corte. Equipamentos, tochas, consumíveis, acessórios, sistemas para extração de fumos, sistemas de corte e células robotizadas são algumas das principais opções disponibilizadas pela marca, associando sempre tecnologia e recursos que geram expressiva redução de custos e aumento na produtividade.

A marca atua em inúmeros segmentos, como Agrícola, Rodoviário, Metalúrgica, Máquinas, Autopeças, Revendedor, Caldeiraria, Estruturas Metálicas, Moveleiro, Estaleiros, Bike/Moto, Fundição, Construção Civil, Serralheria, entre outros. Conheça todas as soluções Sumig no nosso site.

 

Ubirajara Costa | Gerente Filial Sumig SP

 

 

0 produto(s) para orçamento